Debate será primeira prova de fogo dos candidatos

O primeiro debate entre os candidatos ao governo de Mato Grosso vai ser uma espécie de “prova de fogo” das eleições deste ano. Wilson Santos (PSDB), Silval Barbosa (PMDB) e Mauro Mendes (PSB) farão de tudo para aproveitar a oportunidade e apresentar um bom desempenho. Eles terão a tarefa de conseguir se comunicar com eficiência …

12/08/2010 08:24



O primeiro debate entre os candidatos ao governo de Mato Grosso vai ser uma espécie de “prova de fogo” das eleições deste ano. Wilson Santos (PSDB), Silval Barbosa (PMDB) e Mauro Mendes (PSB) farão de tudo para aproveitar a oportunidade e apresentar um bom desempenho. Eles terão a tarefa de conseguir se comunicar com eficiência e passar uma mensagem positiva aos eleitores mato-grossenses.

Este primeiro embate, transmitido ao vivo pela TV Cidade Verde (Band) a partir das 21 horas, com mediação da jornalista Silvia Popovic, dará, de fato, o tom da campanha e representa uma  oportunidade importante de discussão de idéias, propostas e programas de governo. Mais: será uma oportunidade para que os candidatos se confrontem, se exponham e digam a que vieram.

O trunfo de Silval Barbosa é ser o governador de Mato Grosso. Ele é quem detém o monopólio do poder estatal. Tem a caneta. A máquina. Está sabendo tirar proveito disso e, certamente, vai fazer o máximo para surfar na onda de popularidade do ex-governador Blairo Maggi (PR), que disputa o Senado Federal.

Silval tem surpreendido positivamente até mesmo seus aliados, pois faz um governo discreto, porém dinâmico na medida do possível, sem se contentar em ser apenas o vice de Maggi. Isso lhe deu força, confiança e tranqüilidade para argumentar e mostrar seu valor no debate.

Ensaios

Na verdade, todos os candidatos têm priorizado os últimos dias para ensaiar para o embate eleitoral. Cada um precisa ter, na ponta da língua, argumentos para convencer os eleitores. Precisam mostrar conteúdo, falar sobre os dados e números do Estado, apresentar estatísticas e soluções exeqüíveis para as demandas cada vez mais crescentes, sobretudo nas áreas da saúde, segurança e infra-estrutura.

Terão que falar sobre filas de espera para cirurgias, Copa de 2014, criminalidade crescente, geração de emprego, meio ambiente.

O candidato tucano Wilson Santos, muito provavelmente, irá focar a sua gestão frente à Prefeitura de Cuiabá como um dos seus pontos fortes. Ao contrário do que pensam muitos, ele irá tentar apresentar uma administração positiva, de muitos resultados, com praticamente todas as promessas cumpridas.

Além disso, Wilson tem a seu favor o fato de, tradicionalmente, sempre crescer nas disputas após o início do horário eleitoral gratuito. Sua equipe de marketing é experiente, e não perde a oportunidade de se posicionar.

Já o empresário Mauro Mendes (PSB), que vem conseguindo se manter em percentuais positivos de intenção de votos, irá apresentar sua expertise na iniciativa privada como garantia de boa gestão.

Com boa fluência e domínio sobre temas relevantes, Mendes deve representar o “novo” na política, já que nunca exerceu cargo público. Seu discurso pretende passar uma imagem positiva, firme e de alguém decidido, que se fez na vida através do trabalho.

É claro que todos os candidatos também possuem vulnerabilidades, episódios desagradáveis para explicar e possibilidades de tropeços e saia-justa. Por isso mesmo, o debate promete. Para o bem e para o mal.