PT confirma visita de Dilma Rousseff a Mato Grosso

O Comitê Pró-Dilma de Mato Grosso confirmou, nesta quinta-feira (19), a vinda de Dilma Roussef, candidata à Presidência da República, ao Estado. O anúnco foi feito pelo candidato ao Senado, Carlos Abicalil (PT), e pela representante do Comitê, Silbene Santana de Oliveira. Dilma chegará  na próxima quarta-feira (25), em Cuiabá. Ainda sem agenda fechada, as …

19/08/2010 15:43



O Comitê Pró-Dilma de Mato Grosso confirmou, nesta quinta-feira (19), a vinda de Dilma Roussef, candidata à Presidência da República, ao Estado. O anúnco foi feito pelo candidato ao Senado, Carlos Abicalil (PT), e pela representante do Comitê, Silbene Santana de Oliveira.

Dilma chegará  na próxima quarta-feira (25), em Cuiabá. Ainda sem agenda fechada, as sugestões do Comitê para a presidenciável seria o encontro com a Juventude Pró-Dilma e com os candidatos da chapa majoritária da Coligação Mato Grosso em Primeiro Lugar, entre eles, o candidato à reeleição, Silval Barbosa (PMDB).

Apesar disso, existe a polêmica no Estado quanto aos partidos que poderão subir no palanque de Dilma. A prioridade seria para o PT, que se aliou com a candidatura à reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB). Porém, o PSB, que defende Mauro Mendes ao Governo, também quer o apoio da candidata.

Liderança

De acordo com a última pesquisa realizada pelo Ibope, Dilma Roussef alcançou a liderança. Ela aparece à frente nas intenções de voto com 43%, distanciado em 11 pontos do segundo colocado, José Serra (PSDB).

Em outra pesquisa divulgada na terça-feira (17), realizada pelo Vox Populi/Band/iG, se as eleições fossem nesta data, Dilma Roussef venceria no primeiro turno.

Para vencer a disputa no primeiro turno, a quantidade de votos válidos contabilizados por um determinado candidato deve ser superior à soma dos votos obtidos pelos demais concorrentes.

Os demais candidatos não atingiram 1% das intenções de voto, 5% declararam voto branco ou nulo e outros 12% se disseram indecisos.

A pesquisa estimulada, que mostra os nomes dos candidatos para os entrevistados, foi feita entre os dias 7 e 10 de agosto, após o primeiro debate entre os presidenciáveis, realizado pela Band no dia 5 de agosto.

O instituto entrevistou 3 mil pessoas em 219 municípios de todos os Estados, do Distrito Federal e excluindo Roraima. A pesquisa foi registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o número 22.956/10. A margem de erro é de 1,8 ponto percentual para mais ou para menos.