Conheça os benefícios da Geléia Real

A geléia real é um produto natural, produzido pelas abelhas jovens para alimentar a rainha. Contém notáveis quantidades de proteínas, lipídeos, carboidratos, vitaminas, hormônios, enzimas, substâncias minerais, fatores vitais específicos e substâncias biocatalizadoras nos processos de regeneração das células desenvolvendo uma importante ação fisiológica. De acordo com a nutricionista Flávia Morais, da rede Mundo Verde, …

23/08/2010 16:51



A geléia real é um produto natural, produzido pelas abelhas jovens para alimentar a rainha. Contém notáveis quantidades de proteínas, lipídeos, carboidratos, vitaminas, hormônios, enzimas, substâncias minerais, fatores vitais específicos e substâncias biocatalizadoras nos processos de regeneração das células desenvolvendo uma importante ação fisiológica.
De acordo com a nutricionista Flávia Morais, da rede Mundo Verde, entre os alimentos que promovem a saúde e reduzem o risco de algumas doenças podemos destacar os produtos apícolas – mel, própolis e geléia real – que têm sido utilizados pelo homem desde a antiguidade. “A geléia real usada como complemento alimentar é fonte de proteínas, gorduras boas, vitaminas e minerais antioxidantes” afirma à especialista.
 Em função da presença de vitaminas do complexo B, a geléia real é considerada um estimulante do apetite, complementa a nutricionista Thais Souza. Segundo ela as vitaminas C e E, presentes na composição da geléia real, atuam como poderosos antioxidantes, combatendo os radicais livres.
 A abelha rainha vive mais do que as operárias e é a única na colméia capaz de se reproduzir. “Vale ressaltar que as abelhas rainhas não nascem rainhas e sim se tornam rainhas”, diz Flávia. O que as faz se desenvolver e viver mais é a qualidade do alimento que consomem, a partir daí espera-se que a geléia real tenha efeitos similares no organismo humano.  “Apesar da maioria dos estudos ser feito in vitro ou em animais, na prática clínica temos bons resultados com seu uso no fortalecimento do sistema imunológico e como antioxidante” diz a nutricionista Flávia Morais.  “A melhora da imunidade é decorrente do estímulo a uma maior produção de anticorpos, aumentando a função protetora do organismo”, complementa a nutricionista Thais Souza.
O consumo da geléia real é sugerido para manter a saúde e melhorar o funcionamento do organismo. Por causa dos antioxidantes é que esse tipo de alimento está relacionado ao retardo no envelhecimento, beleza e rejuvenescimento da pele. Para Flávia Morais, a geléia pode ser comercialmente utilizada também em produtos cosméticos como shampoos e cremes.
Em estudo feito com animais, foi observado o papel da geléia na maior formação de neurônios, com redução nos sintomas de depressão. Em outro teste, a geléia real reduziu os níveis plasmáticos de colesterol e triglicérides, além de apresentar ação antiinflamatória. Thais Souza acrescenta que “os ácidos orgânicos da geléia real são os responsáveis por sua ação bactericida, ou seja, previne e reduz o crescimento de bactérias.” Relatos de consumidores do produto apontam, entre seus benefícios, menor cansaço físico e mental, melhora no apetite e fortalecimento do sistema imunológico.
Em duas versões…
– A geléia real pode ser encontrada in natura e também liofilizada em cápsulas.
– A versão in natura deve ser guardada em geladeira e a sugestão de consumo é de 1 a 3 gramas ao dia em jejum
– Já a versão liofilizada em cápsulas dispensa a refrigeração e deve ser usada segundo recomendação do fabricante, normalmente 3 cápsulas ao dia.
– A geléia real pode ser também adicionada ao mel para que, juntos, sejam  misturado em sucos, tapiocas e torradas.