Júlio visita “Senadinho” e defende fim da reeleição

O candidato a deputado federal pelo DEM, Júlio Campos, visitou na manhã desta sexta-feira (3), um local que representa o termômetro da política de Mato Grosso: o Senadinho. Local onde um grupo de amigos se reúne para falar de política todos os dias da semana. O Senadinho é composto por pessoas formadoras de opiniões, e …

03/09/2010 14:07



O candidato a deputado federal pelo DEM, Júlio Campos, visitou na manhã desta sexta-feira (3), um local que representa o termômetro da política de Mato Grosso: o Senadinho. Local onde um grupo de amigos se reúne para falar de política todos os dias da semana.

O Senadinho é composto por pessoas formadoras de opiniões, e que tiveram e ainda tem grande influência na vida política e social da grande Cuiabá. São advogados aposentados, desembargadores, médicos, militares, e por aí vai.

“Para você saber como está a política e os bastidores dela, principalmente, nesta época de eleição, tem de visitar o Senadinho. Muita políticos de nomes que hoje tem projeção no Estado e no país, já foram ouvir os conselhos dessa elite da nossa cuiabania. Afinal, são pessoas com experiências e que, conhecem todos os atalhos de uma boa política”, destacou.

Júlio Campos foi convidado pelo advogado e membro do Senadinho, Renato Calhao, para rever esses amigos e saber o que eles estão achando do momento político que vive o Estado. No encontro, Júlio voltou a defender o fim da reeleição para o Governo. “Vai chegar um dia em que teremos apenas um partido político para comandar o Estado. A reeleição é um processo que precisa ser revisto, já que de certa forma impossibilita a prática da democracia”, disse.

Na reunião com Júlio Campos, estava presente uma das figuras mais ilustres do Senadinho. O engenheiro agrônomo, com 79 anos, e ainda em atividade profissional, Benedito Teotonio da Costa Filho. Ele foi um dos fundadores desse grupo seleto de amigos. Seo Teotonio, como é mais conhecido, disse que conhece Júlio Campos há mais de 40 anos.

Segundo ele, a candidatura de Júlio significa uma luz para o desenvolvimento econômico e social de Mato Grosso. “A candidatura de Júlio Campos eu assino embaixo. Nós vamos lutar para que ele seja eleito, e volte a colocar o Estado nos trilhos do crescimento”, comentou.

O advogado Carlos Vasconcelos também prestigiou o encontro.