TRE faz mapeamento para evitar compra de votos

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) está fazendo um mapeamento das bases eleitorais dos candidatos, nos principais redutos eleitorais, visando a intensificar a fiscalização, na tentativa de evitar a compra e venda de votos em eleições. Em função do tempo, a medida só será adotada a partir do próximo pleito. Segundo o presidente …

03/09/2010 11:32



O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) está fazendo um mapeamento das bases eleitorais dos candidatos, nos principais redutos eleitorais, visando a intensificar a fiscalização, na tentativa de evitar a compra e venda de votos em eleições. Em função do tempo, a medida só será adotada a partir do próximo pleito.

Segundo o presidente do TRE, Rui Ramos, o trabalho em Mato Grosso é considerado inovador e, a partir dele, a instituição poderá exigir, antecipadamente, os nomes dos cabos eleitorais que trabalham nas campanhas políticas, garantindo mais fiscalização e, consequentemente, evitando um dos principais crimes eleitorais, que é a compra de voto.

“É um trabalho inovador, já estamos em fase bem adiantada. Com o mapeamento das áreas onde se concentram o maior número de cabos eleitorais e as bases eleitorais dos candidatos, podemos exigir os nomes de forma antecipada e garantir o voto consciente. E atuaremos na prevenção à compra e venda de votos”, afirmou Ramos.

Devido à fase de estudo, o sistema ainda não será adotado nas eleições do dia 3 de outubro. No próximo pleito, as novidades estão relacionadas com o voto em trânsito e o de presos provisórios, além da exigência de documento com foto no ato da votação.

Segundo dados do TRE, em Mato Grosso, 662 presos provisórios estão aptos a votar nas próximas eleições. No total, 16 seções foram disponibilizadas.

Rui Ramos fez um alerta os eleitores sobre a exigência de apresentação de documento oficial com foto no momento da votação, pois, sem ele, o eleitor não poderá votar.

2ª via do título

Os eleitores que, por algum motivo, tiveram a 1ª via do título de eleitor extraviada, poderão procurar a Justiça Eleitoral, para emissão da 2ª via até o próximo dia 23. Nesta quinta-feira (2), o presidente do TRE baixou uma portaria determinando a abertura dos cartórios eleitorais, em regime de plantão, nos dias 04,05,07,11,12,18 e 19 de setembro, das 13h às 18h.

Nesta semana, o TSE orientou os tribunais regionais a abertura dos cartórios nos dia 11 e 12, para facilitar o acesso ao documento. No entanto, Rui Ramos decidiu ampliar esse período, mantendo os cartórios abertos em todos os finais de semana até o dia 23 de setembro.

Voto consciente

No próximo dia 21, o TRE realizará o II Fórum pelo Voto Consciente. Desta fez, o evento contará com a participação das Universidades de Cuiabá, com início às 14h, na Casa da Democracia, na Avenida do CPA.

A primeira edição foi realizada no dia 23 de agosto, em parceria com o Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Mato Grosso e Sindicato dos Jornalistas.