Comitê da Maldade

A disputa pelo Senado está mais acirrada do que a de governador em Mato Grosso. A pequena diferença entre os candidatos Carlos Abicalil (PT) e Antero Paes de Barros (PSDB), além da potencialidade de Pedro Taques (PDT), deixa a disputa interessante. Pelo fato de o candidato à reeleição Silval Barbosa ter aberto mais de 20 …

07/09/2010 21:33



A disputa pelo Senado está mais acirrada do que a de governador em Mato Grosso. A pequena diferença entre os candidatos Carlos Abicalil (PT) e Antero Paes de Barros (PSDB), além da potencialidade de Pedro Taques (PDT), deixa a disputa interessante. Pelo fato de o candidato à reeleição Silval Barbosa ter aberto mais de 20 pontos sobre o segundo colocado, Mauro Mendes, a disputa pelo governo se mostra mais tranquila.

O candidato tucano a senador Antero Paes de Barros não gostou nem um pouco das pesquisas de intenções de voto que colocam o deputado federal Carlos Abicalil (PT) na sua frente.  A reação de Antero foi automática. Desencadeou no programa eleitoral gratuito uma propaganda agressiva contra Abicalil. O maior problema é que a peça não ofende apenas o deputado, mas o eleitor também. O programa de Antero usou a imagem de um feto para ilustrar um suposto entendimento de que Abicalil é a favor do aborto. Pelo bem da campanha eleitoral e em nome da civilidade, a Justiça barrou as cenas mais que depressa.