Decoração de Natal exige cuidados para se evitar incêndios

O mal uso de itens da ornamentação de Natal, como as luzes pisca-pisca instaladas em árvores de decoração ou arranjos em locais inadequados são capazes de provocar incêndios e pôr vidas em riscos. A magia do Natal é contagiante, milhares de lâmpadas reluzindo o brilho colorido, desperta a atenção e a curiosidade de adultos e …

07/12/2010 10:23



O mal uso de itens da ornamentação de Natal, como as luzes pisca-pisca instaladas em árvores de decoração ou arranjos em locais inadequados são capazes de provocar incêndios e pôr vidas em riscos. A magia do Natal é contagiante, milhares de lâmpadas reluzindo o brilho colorido, desperta a atenção e a curiosidade de adultos e crianças. Nesse período aumenta a probabilidade de acidentes como o choque elétrico, queimadura a até mesmo incêndios.

Para realizar a decoração com material que necessita de energia elétrica é necessário tomar alguns cuidados. O tenente-coronel João Rainho, do Comando Regional 1, responsável pela Capital e área metropolitana, faz uma alerta a população sobre os riscos de acidente, com esse tipo de material nesta época do ano. Segundo ele, o choque elétrico é a principal causa de acidentes domésticos, seguido por princípios de incêndios nas residências causados por curto circuito das luzes da decoração.

Primeira dica importante para evitar imprevistos é comprar luzes e enfeites adequados ao ambiente onde fará a instalação. “O ambiente que conter material inflamável e que queime com facilidade, não deve ter enfeite que utilize eletricidade, se for utilizar, pelo menos que seja compatível com o tamanho do local e a quantidade de ornamentos”, alerta. Adquira apenas enfeites aprovados pelo Instituto Nacional de Metrologia, Normalização e Qualidade Industrial (Inmetro), com orientação técnica de utilização para cada tipo de ambiente.

Quantos ao uso dos enfeites que forem utilizados nas casas, todos os cuidados estão relacionados com as formas de emprego da eletricidade.