Aniversário do Parque Mãe Bonifácia é comemorado com exposição de orquídeas

Para comemorar o 10º aniversário de Inauguração do Parque Estadual Mãe Bonifácia, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) por meio da Superintendência de Educação Ambiental (SUEA), em parceria com o Orquidário Chapada dos Parecis, oferece aos seus usuários, de 14 a 19 de dezembro, no período de 07h00 às 19h00, no pátio do estacionamento …

15/12/2010 16:45



Para comemorar o 10º aniversário de Inauguração do Parque Estadual Mãe Bonifácia, a Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema) por meio da Superintendência de Educação Ambiental (SUEA), em parceria com o Orquidário Chapada dos Parecis, oferece aos seus usuários, de 14 a 19 de dezembro, no período de 07h00 às 19h00, no pátio do estacionamento com acesso pela entrada da Avenida Miguel Sutil, uma exposição de orquídeas.

A exposição, que permanecerá no parque até as 19h00 deste domingo (19.12), conta com diversas espécies de belíssimas orquídeas, para todos os gostos. Para quem desejar adquirir um exemplar, o expositor ainda orienta com dicas de como cultivá-las.

MÃE BONIFÁCIA – O Parque Mãe Bonifácia possui 77 hectares e recebe cerca de mil pessoas por dia número e chega a dobrar nos fins de semana. Várias atividades são desenvolvidas na área do Parque entre elas atividades físicas, projetos ambientais e culturais.

MIRANTE – O acesso ao mirante do Parque Mãe Bonifácia foi aberto novamente ao público. No fim do mês de setembro foi entregue aos usuários do Parque a reforma do mirante. A ação faz parte de um conjunto de obras realizadas no Mãe Bonifácia, que incluem a implantação do Orquidário, equipamentos de ginástica e a praça infantil.

ORQUIDÁRIO – O Orquidário deverá passar por algumas readaptações e será reaberto em janeiro do próximo ano de forma a atender os usuários do Parque e a população em geral, inclusive com exposições. A revitalização do espaço que não era utilizado, além de proporcionar ao público mais uma atração dentro do Parque, serve também para reforçar a iniciativa do Governo do Estado, via Secretaria Estadual do Meio Ambiente (Sema), em parceria com o Orquidário Parecis e Energética Água das Pedras, que beneficia instituições como a Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE), que recebe em forma de doação, uma porcentagem dos produtos comercializados.

LAZER – Outro atrativo é o playground para as crianças, com gangorra, balanço e escorregador. Dentro do Parque, na Praça do Cerrado há também uma academia para a terceira idade, com aproximadamente nove equipamentos para exercícios. A expectativa é que, através do apoio da Unimed, parceira na implementação dos equipamentos, com a iniciativa da Academia da Terceira Idade, sejam levados para os outros dois Parques Estaduais da cidade, o Massairo Okamura e Zé Bolo Flô.

O Parque Estadual Mãe Bonifácia está aberto ao público das 05h00 às 18h00. O Mirante funcionará no mesmo horário do Parque. Lembrando que sua capacidade é de 20 pessoas.

Dicas para quem deseja cultivar orquídeas:

A maior parte das orquídeas pode ser plantada em vasos de barro ou plástico, cujo tamanho deve ser o menor possível. Vaso grande pode reter demais a umidade, causando apodrecimento das raízes. Ela deverá ser replantada a cada dois anos, pois o xaxim ou substrato velho se decompõe e perde sua capacidade de nutrição.

1. Coloque uma camada de pedra no fundo do vaso (2 a 3 dedos) para permitir a rápida drenagem do excesso de água.
2. Complete com xaxim desfibrado. (Jamais use o “pó de xaxim” vendido no comércio). As raízes necessitam de arejamento. Também pode ser usado composto de fibra de côco, carvão e casca de pinus devidamente “tratados”.
3. Certas orquídeas progridem na horizontal, e vão emitindo brotos um na frente do outro. Para esse tipo de planta, deixe a traseira encostada na beira do vaso e espaço na frente para dar lugar a novos brotos. Comprima bem o xaxim para firmar a planta.
4. Há orquídeas que dificilmente se adaptam dentro de vasos. Nesse caso, o ideal é plantar em tronco de árvore ou casca de peroba ou palito de xaxim, protegendo as raízes com um plástico ou uma manta de xaxim até a sua adaptação.
5. As plantas citadas acima também podem ser plantadas em vasos com xaxim, desde que tenham uma rega controlada, isto é, devem estar protegidas contra o tempo de chuvas prolongadas. Nesse caso, molhe a planta por imersão por alguns minutos, mas somente quando perceber que o substrato está seco.