Médicos e deputados pressionarão procurador do Estado sobre concessão de parecer

Os 32 médicos que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conquistaram o apoio de sete parlamentares ontem, após realização de uma mobilização na sede da Assembleia Legislativa, com vistas à aprovação do Projeto de Lei da Categoria. O coro dos profissionais será reforçado pelos deputados estaduais Sérgio Ricardo, Percival Muniz, Guilherme Maluf, …

16/12/2010 08:44



Os 32 médicos que atuam no Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) conquistaram o apoio de sete parlamentares ontem, após realização de uma mobilização na sede da Assembleia Legislativa, com vistas à aprovação do Projeto de Lei da Categoria. O coro dos profissionais será reforçado pelos deputados estaduais Sérgio Ricardo, Percival Muniz, Guilherme Maluf, Joaquim Sucena, Antônio Azambuja, Wallace Guimarães e José Domingos Fraga na visita que fazem, hoje (16) às 8h, ao procurador-geral do Estado Dorgival Veras.

O intuito do encontro com o procurador é de pressioná-lo a dar conceder o parecer sobre a legalidade do Projeto com urgência, com vistas a aprová-lo ainda nesta quinta-feira em sessão extraordinária da Assembleia Legislativa. Se for abonado, segue para sanção do governador Silval Barbosa em caráter emergencial. “A reivindicação é justa. Nós vamos atrás disso, pois entendemos a importância que esse Projeto de Lei tem para a categoria”, observou o presidente da CPI da Saúde, deputado Sérgio Ricardo.

Caso o Projeto de Lei não seja votado ainda neste ano, os médicos ameaçam paralisar os serviços de socorristas.

Outras informações pelos telefones (65) 3321-0835 ou 8417-0670.