Prefeito vai criar 2 pastas, fundir 2 e reestruturar mais 4 no próximo ano

Os vereadores por Cuiabá votam nesta quinta (16) um “pacote” de alterações na estrutura de algumas secretarias, além de readequações e a criação da pasta de Turismo. A mudança ocorre dias após o prefeito Chico Galindo excluir a Copatur. Como devem ser realizadas duas sessões, para limpar a pauta, ainda não se sabe se a …

16/12/2010 10:09



Os vereadores por Cuiabá votam nesta quinta (16) um “pacote” de alterações na estrutura de algumas secretarias, além de readequações e a criação da pasta de Turismo. A mudança ocorre dias após o prefeito Chico Galindo excluir a Copatur. Como devem ser realizadas duas sessões, para limpar a pauta, ainda não se sabe se a mensagem será analisada no período da manhã ou da tarde. Entre as principais mudanças está a ampliação da estrutura da secretaria de Infraestrutura (Seminf), que passa a ser responsável pelas regionais do gabinete da prefeitura.
Além disso, a pasta sob Paulo Borges vai ganhar uma nova roupagem com novas coordenações e diretorias. “Vai ter uma baita estrutura”, afirmou o secretário de Governo Lamartine Godoy. Ainda conforme ele, pela mensagem também vão haver melhorias no IPDU, da Agência de Habitação e na secretaria de Meio Ambiente.
“Existiam pastas onde só há o secretário para fazer tudo. Estamos fazendo essas adequações para agilizar os processos, que hoje são muito burocrátricos, principalmente no IPDU e Meio Ambiente”, pondera Lamartine. Conforme o RDNews adiantou, a pasta de Finanças sob Guilherme Muller e a de Planejamento, comandada por Karla Regina Lavratti, vão ser fundidas. Por outro lado, o prefeito Galindo resolveu criar a de Fazenda e Gestão. Após a aprovação da reestruturação, o Palácio Alencastro deve fazer “ajustes” na Lei Anual Orçamentária de 2011, estimada em R$ 1,3 bilhão, que vai ser apreciada nesta sexta (17).

Os vereadores por Cuiabá votam nesta quinta (16) um “pacote” de alterações na estrutura de algumas secretarias, além de readequações e a criação da pasta de Turismo. A mudança ocorre dias após o prefeito Chico Galindo excluir a Copatur. Como devem ser realizadas duas sessões, para limpar a pauta, ainda não se sabe se a mensagem será analisada no período da manhã ou da tarde. Entre as principais mudanças está a ampliação da estrutura da secretaria de Infraestrutura (Seminf), que passa a ser responsável pelas regionais do gabinete da prefeitura.
Além disso, a pasta sob Paulo Borges vai ganhar uma nova roupagem com novas coordenações e diretorias. “Vai ter uma baita estrutura”, afirmou o secretário de Governo Lamartine Godoy. Ainda conforme ele, pela mensagem também vão haver melhorias no IPDU, da Agência de Habitação e na secretaria de Meio Ambiente.
“Existiam pastas onde só há o secretário para fazer tudo. Estamos fazendo essas adequações para agilizar os processos, que hoje são muito burocrátricos, principalmente no IPDU e Meio Ambiente”, pondera Lamartine. Conforme o RDNews adiantou, a pasta de Finanças sob Guilherme Muller e a de Planejamento, comandada por Karla Regina Lavratti, vão ser fundidas. Por outro lado, o prefeito Galindo resolveu criar a de Fazenda e Gestão. Após a aprovação da reestruturação, o Palácio Alencastro deve fazer “ajustes” na Lei Anual Orçamentária de 2011, estimada em R$ 1,3 bilhão, que vai ser apreciada nesta sexta (17).