Senador diz que Abicalil é invejoso

Sem papas na língua, o senador diplomado Pedro Taques (PDT) contrapôs as acusações do deputado federal Carlos Abicalil (PT) de que ele e seu suplente, Paulo Fiúza (PV) teriam falsificado documentos para conseguir validar suas candidaturas. “O que existe são pessoas que têm inveja da nossa eleição e querem nos derrubar. São pessoas que não …

17/12/2010 16:15



Sem papas na língua, o senador diplomado Pedro Taques (PDT) contrapôs as acusações do deputado federal Carlos Abicalil (PT) de que ele e seu suplente, Paulo Fiúza (PV) teriam falsificado documentos para conseguir validar suas candidaturas. “O que existe são pessoas que têm inveja da nossa eleição e querem nos derrubar. São pessoas que não queriam a nossa vitória”, alfinetou Taques.

   O pedetista afirmou ainda que vai investigar um suposto desvio de verba da secretaria estadual de Educação (Seduc), durante a gestão do também petista e principal aliado político de Abicalil, Ságuas Moraes, diplomado deputado federal. “Eu quero saber o que foi feito com o roubo na secretaria de Educação durante a administração do PT”, frisou.

   Abicalil, por sua vez, acusa Taques e seu suplente Paulo Fiúza de terem trocado o conteúdo de uma ata do partido. Na quinta (16), inclusive, a coligação “Mato Grosso em Primeiro Lugar “, pela qual Abicalil, disputou o Senado, sem êxito, ingressou com uma ação judicial pedindo que a Justiça investigue o suposto crime eleitoral.

   Taques foi o principal adversário de Abicalil no pleito deste ano. Apesar de figurar entre os preferidos no início do período eleitoral, e mesmo contando com o apoio do ex-governador e senador mais votado do Estado, Blairo Maggi (PR), o petista acabou sendo derrotado por Taques. O petista teve 533.280  votos, enquanto o pedetista chegou a marca dos 708.440.