Azambuja e Eliene entram no staff; veja os nomes que Silval confirmará

A 3 dias da solenidade da posse, Silval Barbosa deve anunciar oficialmente nesta quarta à tarde, no Palácio Paiaguás, a relação completa do seu futuro secretariado. O blog apurou com exclusividade que, o PP, mesmo sob divergências internas, fechou as duas indicações pendentes. Propôs ao governador o nome do deputado federal Eliene Lima para a …

29/12/2010 15:56



A 3 dias da solenidade da posse, Silval Barbosa deve anunciar oficialmente nesta quarta à tarde, no Palácio Paiaguás, a relação completa do seu futuro secretariado. O blog apurou com exclusividade que, o PP, mesmo sob divergências internas, fechou as duas indicações pendentes. Propôs ao governador o nome do deputado federal Eliene Lima para a Ciência e Tecnologia e do deputado estadual Antonio Azambuja para o Esporte e Lazer. Silval acatou as sugestões.

  Já Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar ficará mesmo sob comando do DEM. Depois de insistir na exigência de ter a secretaria de porteira fechada, ou seja, com autonomia para indicar cargos de segundo e terceiro escalões e as presidências dos órgãos e empresas vinculados como Indea, Empaer e Intermat, o deputado estadual reeleito José Domingos concordou em ocupar o posto de secretário.

   Com isso, o governador está com o staff praticamente definido. No fritar dos ovos, o PR emplacou seis no primeiro escalão: Eder de Moraes (Casa Civil), Arnaldo Alves (Transporte e Pavimentação Urbana), Cézar Zílio (Administração), João Malheiros (Cultura), Pedro Nadaf (Indústria, Comércio, Minas e Energia) e Alexander Maia (Meio Ambiente). O PT continua apenas com a Educação, a maior das 21 secretarias. Rosa Neide está confirmada para gerir a pasta. O DEM, que agora vira aliado do Paiaguás, terá o deputado Domingos no Desenvolvimento Rural.

   O PP fica com 3 secretarias, sendo elas o Esporte e Lazer, com Azambuja; a Ciência e Tecnologia, com Eliene, e a Saúde, com o deputado federal Pedro Henry. O PMDB do governador Silval incluiu na cota duas indicações (Nico Baracat, na Cidades, e Teté Bezerra, no Desenvolvimento do Turismo), embora tenha outros titulares no staff, como o jornalista Osmar Carvalho na Comunicação Social e a primeira-dama Roseli Barbosa na área social, além do próprio governador.

    Os demais são indicações pessoais ou escolhas técnicas do governador. Diógenes Curado continua na Segurança Pública, enquanto a nova pasta de Justiça terá no seu comando o desembargador aposentado Paulo Lessa. José Gonçalves Botelho permanece no Planejamento e Coordenação Geral; Antonio Moraes, na Casa Militar; Dorgival Veras, na Procuradoria-Geral; e Edmilson dos Santos, na Fazenda.

O novo secretariado do governo Silval e o rateio partidário

PR
Eder de Moraes – Casa Civil
Cézar Zílio – Administração
Arnaldo Alves – Transporte e Pavimentação Urbana
Alexander Maia – Meio Ambiente
João Malheiros – Cultura
Pedro Nadaf – Indústria, Comércio, Minas e Energia

PP
Eliene Lima – Ciência e Tecnologia
Antonio Azambuja – Esporte e Lazer
Pedro Henry – Saúde

PT
Rosa Neide – Educação

DEM
José Domingos – Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar

PMDB
Nico Baracat – Cidades
Teté Bezerra – Desenvolvimento do Turismo
Roseli Barbosa – Trabalho, Emprego, Cidadania e Assistência Social
Osmar Carvalho – Comunicação Social

INDICAÇÕES TÉCNICAS
Diógenes Curado – Segurança Pública
Paulo Lessa – Justiça
Dorgival Veras – Procuradoria-Geral
José Gonçalves Botelho – Planejamento e Coordenação Geral
Antonio de Moraes – Casa Militar
Fazenda – Edmilson dos Santos