Naufrágio em Moçambique deixa ao menos 50 imigrantes mortos

Pelo menos 50 imigrantes somalis e etíopes morreram no naufrágio de um barco com 129 pessoas, na costa norte de Moçambique, na semana passada, informou a mídia local. Os sobreviventes, que se acredita sejam imigrantes ilegais, foram levados a campos de refugiados, segundo relato da agência de notícias moçambicana AIM na noite de terça-feira. A …

16/02/2011 10:11



Pelo menos 50 imigrantes somalis e etíopes morreram no naufrágio de um barco com 129 pessoas, na costa norte de Moçambique, na semana passada, informou a mídia local.

Os sobreviventes, que se acredita sejam imigrantes ilegais, foram levados a campos de refugiados, segundo relato da agência de notícias moçambicana AIM na noite de terça-feira.

A AIM informou que o capitão da embarcação, um tanzaniano, morreu afogado. Nenhuma autoridade de Moçambique estava imediatamente disponível para comentar o fato.

Com um vasto litoral e policiamento precário, Moçambique vem sendo cada vez mais usado como destino para atividades ilegais, incluindo o tráfico de drogas, segundo funcionários do governo dos Estados Unidos e analistas políticos.

O país também é um meio fácil de passagem para imigrantes que tentam ir para a vizinha África do Sul, a nação mais rica da África.