91% das pessoas acreditam em um mau uso da tecnologia móvel

Como as pessoas têm lidado com as tecnologias móveis? Esta questão balizou uma pesquisa realizada pela Ipsos, com apoio da Intel. O objetivo do levantamento foi avaliar qual a percepção das pessoas sobre o uso de smartphones, notebooks e tablets. O estudo, realizado nos Estados Unidos, detectou que 91% dos adultos entrevistados consideram que já …

27/02/2011 14:02



Como as pessoas têm lidado com as tecnologias móveis? Esta questão balizou uma pesquisa realizada pela Ipsos, com apoio da Intel. O objetivo do levantamento foi avaliar qual a percepção das pessoas sobre o uso de smartphones, notebooks e tablets.

O estudo, realizado nos Estados Unidos, detectou que 91% dos adultos entrevistados consideram que já viram alguém fazendo um mau uso de tecnologias móveis. Além disso, 75% disseram que a “etiqueta móvel” – ou seja, a forma como as pessoas se comportam – está pior agora do que há dois anos.

A maioria dos consultados (92%) concorda que as pessoas deveriam se comportar melhor em áreas públicas, quando estão utilizando equipamentos móveis. No entanto, 19% dos adultos admitem seu mau comportamento, mas não mudam de postura por considerarem que trata-se de algo já comum a todos.

Entre as principais reclamações em relação à etiqueta das pessoas no uso de dispositivos móveis estão: usar o equipamento enquanto dirigem (73%); falar alto em lugares públicos (65%) e usar um aparelho enquanto caminham pela rua (28%). O que, segundo os responsáveis pela pesquisa, permite concluir que quanto maior o uso de equipamentos conectados à internet, mais consciência as pessoas têm sobre como esse tipo de aparelho é usado pelas pessoas.

O relatório alega que 85% dos adultos nos Estados Unidos já possuem um telefone celular, 52% deles possuem notebooks, 4% já  tem tablets e apenas 9% dos norte-americanos não possuem nenhum dos tipos de dispositivos estudados na pesquisa.