Terapeuta fica pelada e paciente é que se Freud

– É fácil dizer. É a terapia que envolve ficar e/ou estar pelado, da parte da terapeuta [eu] e/ou do paciente [você]. Acontece em uma conversa privada pela webcam, em que conversamos sobre o que você estiver pensando ou seus problemas atuais, e eu o ajudo a pensar neles, explorá-los e entendê-los melhor. É assim …

03/03/2011 09:45



– É fácil dizer. É a terapia que envolve ficar e/ou estar pelado, da parte da terapeuta [eu] e/ou do paciente [você]. Acontece em uma conversa privada pela webcam, em que conversamos sobre o que você estiver pensando ou seus problemas atuais, e eu o ajudo a pensar neles, explorá-los e entendê-los melhor.

É assim que Sarah White, a terapeuta peladona, descreve seu trabalho. Basicamente, é isso mesmo: você paga uma grana e faz um tratamento peladão. Calma, é só pela internet.

Acontece como você quiser… Ou ela começa a sessão pelada, ou com roupas e vai tirando aos poucos. Segundo ela, juntos, paciente e terapeuta determinam o andamento da consulta.

– A “terapia pelada” usa o nudismo para fazer sentir mais livre, mais forte, mais saudável e mais feliz.

É, mas cuidado para não ficar “feliz” demais…