Agecopa prepara editais de licitação para sete obras de desbloqueio

A Agecopa lançará nos próximos dias os editais de licitação de sete obras de desbloqueio que antecedem as grandes intervenções de mobilidade urbana, criando alternativas de escoamento do tráfego de veículos. O Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) aprovou na manhã desta sexta-feira (18.03), a dispensa do Estudo e Relatório de Impacto Ambienta (EIA-RIMA) para …

19/03/2011 15:42



A Agecopa lançará nos próximos dias os editais de licitação de sete obras de desbloqueio que antecedem as grandes intervenções de mobilidade urbana, criando alternativas de escoamento do tráfego de veículos. O Conselho Estadual de Meio Ambiente (Consema) aprovou na manhã desta sexta-feira (18.03), a dispensa do Estudo e Relatório de Impacto Ambienta (EIA-RIMA) para estas sete obras que serão fundamentais para amenizar os transtornos e garantir o deslocamento da população.

Antes da análise dos processos, o presidente da Agecopa, Yênes Magalhães, expôs aos membros do Consema os principais projetos para a Copa 2014 e destacou que a sustentabilidade ambiental é um princípio que permeia todas as obras que serão realizadas pela agência. “A Copa no Brasil será uma Copa Verde e Mato Grosso, único estado que abriga três ecossistemas, pretende dar o exemplo assegurando o menor impacto ambiental possível em todas as obras e ações”, disse Yênes.

Durante a reunião do Consema, os técnicos da Secretaria de Meio Ambiente apresentaram seus pareceres sustentando que as sete obras de desbloqueio terão baixíssimo impacto ambiental, uma vez que serão realizadas em áreas já abertas e urbanizadas, o que justificou a dispensa do EIA-RIMA.

Durante a sessão extraordinária, foi formada uma comissão que ficará responsável pela análise das questões que envolvem a realização da Copa em Mato Grosso. Esta comissão reunirá nove membros do Consema, sendo três representantes da sociedade civil (CREA, OAB e Fiemt), três do poder público (Secretaria de Estado de Indústria, Comércio, Minas e Energia, Secretaria de Educação e Secretaria de Desenvolvimento do Turismo) e três entidades não-governamentais (Guardiões da Terra, Associação Diamantinense de Ecologia e a União das Entidades Mato-Grossenses de Cultura e Meio Ambiente).

Além dessa Comissão, o secretário Alexander Maia ressaltou que já foi criado um grupo de trabalho na Secretaria Estadual de Meio Ambiente (Sema) para analisar as demandas ligadas à Copa em Mato Grosso. O objetivo é dar celeridade para que todas as análises e procedimentos sejam feitos dentro dos prazos.

Conheça a descrição das obras de desbloqueio que serão licitadas:
a) Duplicação da Av. Vereador Juliano Costa Marques, Trecho entroncamento Av. do CPA – Entroncamento Av. Trabalhadores – bairros Bela Vista, São Roque e São Carlos;
b) Adequação Sistema Viário 9º BEC, Trecho Alargamento Rua das Mangueiras e Rótula 9º BEC – Extensão 368,19 m, bairro Jardim Shangri-lá;
c) Estrada do Moinho – Av. das Torres, Trecho Binário Tijucal (Av. Dr. Meirelles) e binário Tijucal (Rua Paineiras Brancas), bairro Tijucal;
d) Trevo do Coophamil, Trecho do Coophamil com as Ruas Florentino Leite da Silva, Prof. João Nunes e Av. Miguel Sutil – Extensão 286,59 m, bairro Coophamil;
e) Av. 8 de abril / Trevo Av. Miguel Sutil – Duplicação – Extensão 1.311,680 m, Trecho Rua Barão de Melgaço, bairro Porto;
f) Duplicação da Av. Senegal e Av. C, Trecho acesso ao Shopping Pantanal – Av. Aclimação – Extensão 1094,64 m, bairro Jardim Aclimação;
g) Complementação da Av Jurumirim / Rua Tancredo Neves, Trecho Rua X – Av. Dr. Ulisses Guimarães (Terminal CPA 3) – extensão 1032,77 m, Bairro CPA 3.