Lua fica “maior e mais brilhante” neste sábado

A Lua protagoniza neste sábado (19) um impressionante espetáculo para o planeta Terra, onde será possível visualizá-la maior e mais brilhante do que o normal, por se encontrar em sua posição mais próxima em 18 anos. O fenômeno é conhecido como “super Lua” e ocorre quando essa aproximação coincide com a fase cheia de nosso …

19/03/2011 12:19



A Lua protagoniza neste sábado (19) um impressionante espetáculo para o planeta Terra, onde será possível visualizá-la maior e mais brilhante do que o normal, por se encontrar em sua posição mais próxima em 18 anos.

O fenômeno é conhecido como “super Lua” e ocorre quando essa aproximação coincide com a fase cheia de nosso satélite natural.

A Lua atingirá, então, seu perigeu – o ponto de sua órbita em que estará mais próxima da Terra. Pela primeira vez desde 1993, os dois fatores acontecem no mesmo momento, algo que entusiasmou astrônomos e curiosos que preparam seus telescópios para desfrutar o espetáculo.

Se o tempo permitir, no momento da coincidência de fatores, a Lua aparecerá 30% mais brilhante e 14% maior que o normal.

No entanto, parte do fenômeno surge de um efeito óptico, já que na realidade o astro “só” se aproxima da Terra, segundo a Nasa, agência espacial americana, 26.323 km, mas, graças a isso, a Lua pode ser vista como se estivesse em uma grande lupa.

O fenômeno acontece às 16h (horário de Brasília), quando a Terra e seu satélite estarão exatamente a 356.575 km de distância. Só 50 minutos mais tarde a Lua entra em fase de cheia, amplificando o efeito de aproximação.

Enquanto neste sábado (19) será possível enxergar a “maior Lua” maior em quase duas décadas, no dia 11 de outubro deste ano poderá ser visto o efeito contrário. O satélite estará em seu apogeu, seu ponto mais distante, e aparecerá 12,3% menor.