Vendas da Páscoa devem ser 15% superiores às registradas em 2010

Falta pouco mais de um mês para uma das datas mais esperadas pelo brasileiro: a Páscoa, que é lembrada pelos ovos de chocolate que enchem as prateleiras dos mercados. No entanto, as tradicionais guloseimas ainda aparecem de forma discreta nas lojas. A expectativa dos comerciantes é que, este ano, o faturamento seja cerca de 15% …

21/03/2011 08:07



Falta pouco mais de um mês para uma das datas mais esperadas pelo brasileiro: a Páscoa, que é lembrada pelos ovos de chocolate que enchem as prateleiras dos mercados. No entanto, as tradicionais guloseimas ainda aparecem de forma discreta nas lojas. A expectativa dos comerciantes é que, este ano, o faturamento seja cerca de 15% maior que em relação ao mesmo período de 2010.

Ovos de chocolate dos mais variados sabores e tamanhos, caixas de bombons e barras de chocolate fazem a cabeça de muitas pessoas. As crianças buscam os ovos com temas de seus personagens preferidos. Os adultos, optam por sabores tradicionais.
Os mercados já começaram a abastecer os estoques com variedade de produtos, que devem começar a encher os olhos dos consumidores. “Este ano, tenho um estoque 12% maior que em 2010. Estamos acompanhando o crescimento, porque vendemos todos os ovos que colocamos no ano anterior”, explicou Mauro Sérgio de Jesus, gerente de um mercado na Vila Industrial.
Ele contou que os ovos devem começar a chegar até a próxima semana. “Os clientes não mudam de marca, preferem as tradicionais e as inferiores saem por último”.

Uma das estratégias utilizadas pelos lojistas é alertar os consumidores sobre a chegada da Páscoa. “Já começamos a colocar os ovos para estimular os clientes. As vendas começam mesmo em abril, principalmente nos últimos dias”, lembrou o gerente Alex de Oliveira, de um supermercado no Mogilar, que já começou a preparar as estruturas para receber os doces.
Ele disse que esta é uma data mais voltada para as crianças. “Os ovos mais procurados são os de marcas mais conhecidas, porque vêm com brinquedos”. Oliveira afirmou que os preços subiram um pouco em relação a 2010.
Gastos
Os consumidores já se preparam para gastar um pouco mais este ano com os ovos de chocolate e as colombas. “Tudo aumentou e os ovos devem acompanhar. Compramos os ovos para nossos dois filhos e tem um que já quer com brinquedo”, disse o empresário Cláudio Roberto Rodrigues, de 40 anos.

A dona de casa Iranilda Soares, 43, contou que prefere deixar as compras para os últimos dias. “Compro uns 15 dias antes, mas só na Páscoa mesmo”, acrescentou.