Talibãs fazem ameaças após morte de irmão de Karzai

 Os talibãs afirmaram nesta quinta-feira que o assassinato do irmão do presidente afegão, Hamid Karzai, foi uma advertência para qualquer um que coopere com os “invasores” no Afeganistão, em um comunicado divulgado pelo grupo de inteligência americano SITE. “Ahmed Wali Karzai, meio-irmão do chefe do regime fictício de Cabul, foi morto pelo mártir Sardar Mohammed”, …

14/07/2011 17:47



 Os talibãs afirmaram nesta quinta-feira que o assassinato do irmão do presidente afegão, Hamid Karzai, foi uma advertência para qualquer um que coopere com os “invasores” no Afeganistão, em um comunicado divulgado pelo grupo de inteligência americano SITE.

“Ahmed Wali Karzai, meio-irmão do chefe do regime fictício de Cabul, foi morto pelo mártir Sardar Mohammed”, indicam nesse comunicado os insurgentes talibãs.

“Os afegãos que cooperarem com os invasores no Afeganistão devem tirar uma lição deste incidente”, acrescentaram, referindo-se ao assassinato em Kandahar na terça-feira de Ahmed Wali Karzai, personagem polêmico e homem forte do sul do país.

O crime foi reivindicado imediatamente pelos talibãs, que saudaram um de seus “maiores sucessos” depois do anúncio da retomada de seus ataques na primavera. Ele foi morto por Sardar Mohammad, chefe de uma guarda particular da família Karzai.

Os talibãs pediram em seu comunicado divulgado pelo SITE que “os afegãos que trabalham com os invasores abandonem a sua servidão para estes. Se vocês continuarem a trabalhar para eles, vocês terão o mesmo destino de Ahmed Wali Karzai.

Fonte:Hostednews