Receita com exportação de café verde sobe quase 83% no primeiro semestre

A receita cambial com exportação de café verde apresentou elevação de 82,65% nos primeiros seis meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2010. O faturamento alcançou US$ 3,64 bilhões, ante US$ 1,993 bilhão, conforme relatório da Secretaria de Produção e Agroenergia, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento. O volume embarcado no …

15/07/2011 09:52



A receita cambial com exportação de café verde apresentou elevação de 82,65% nos primeiros seis meses do ano, em comparação com o mesmo período de 2010. O faturamento alcançou US$ 3,64 bilhões, ante US$ 1,993 bilhão, conforme relatório da Secretaria de Produção e Agroenergia, do Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.

O volume embarcado no período teve alta de 12,82%, para 870,284 mil toneladas, ante 771,379 mil toneladas nos primeiros seis meses de 2010. O preço médio de exportação teve elevação de 61,89% no período, de US$ 2,583 mil para US$ 4,182 mil por tonelada.

A receita cambial cresceu entre todos os 15 principais destinos do café verde brasileiro. Os destaques de alta, em termos porcentuais, foram: Coreia do Sul (133,43%), Finlândia (124,60%), Canadá (114,79%) e Bélgica (105,31%).

O principal comprador de café verde brasileiro até junho, em volume, foi a Alemanha, que apresentou aumento de 9,25% ante os primeiros seis meses de 2010. O segundo principal importador foram os Estados Unidos, com alta de 20,59%.

Entre os principais compradores, teve crescimento porcentual significativo o volume embarcado para Países Baixos (44,55%), Coreia do Sul (39,16%) e Bélgica (31,81%). Em termos porcentuais, houve queda no volume vendido para apenas dois destinos: Suécia (-8,26%) e Argentina (-6,61%).