Brasil perde para Alemanha e vê mais um fiasco com Mano em clássicos

Em mais um fiasco contra adversário de peso do futebol mundial, a seleção brasileira perdeu amistoso para a Alemanha por 3 a 2, nesta quarta-feira (10), em Stuttgart. Com o resultado, o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, continua sem vencer uma equipe de expressão desde que estreou no comando do time, há exato um …

10/08/2011 20:09



Em mais um fiasco contra adversário de peso do futebol mundial, a seleção brasileira perdeu amistoso para a Alemanha por 3 a 2, nesta quarta-feira (10), em Stuttgart.
Com o resultado, o técnico da seleção brasileira, Mano Menezes, continua sem vencer uma equipe de expressão desde que estreou no comando do time, há exato um ano. Nos maiores testes até agora, além do revés de hoje, a equipe empatou com a Holanda (0 a 0) e perdeu para os campeões mundiais Argentina e França. ( ambos por 1 a 0)
O técnico da seleção até testou uma formação nova. Fernandinho e Ralf entraram nas vagas de Ganso e Lucas. Este último estava suspenso por ter sido expulso na última partida da Copa América, contra o Paraguai.
Com a nova escalação, o Brasil começou a partida acuado. Aos 5min, Götze recebeu na entrada da área, limpou a marcação e finalizou para boa defesa de Julio César.
A seleção brasileira conseguiu reagir aos 11min. Robinho aproveitou falha de Kroos e acertou belo passe para Pato, mas o atacante demorou com a bola e foi desarmado. Quatro minutos mais tarde, André Santos foi até a linha de fundo, cruzou para a área, mas o goleiro Neuer impediu que algum brasileiro concluísse.
Embora tenha acordado para o jogo, o Brasil não assumiu o controle da partida. Ao contrário, a Alemanha continuou ameaçando. Aos 21min, após tabela entre Trasch e Götze, a bola foi rolada para Kroos na entrada da área, mas o meia finalizou para fora.
O Brasil ainda ameaçou mais uma vez no fim do primeiro tempo. Aos 45min, Daniel Alves puxou contra-ataque pelo meio e rolou para Neymar na direita. O atacante do Santos chutou cruzado e quase abriu o placar.
O Brasil voltou do intervalo sem alterações, enquanto a Alemanha colocou o artilheiro Klose em campo.
A primeira grande chance foi do time comandado por Mano Menezes. Logo aos 2min, Ramires roubou a bola no meio-campo e iniciou o ataque. Fernandinho passou para Pato, que tentou encobrir Neuer, mas jogou para fora.
O primeiro gol da Alemanha saiu aos 13min. Kroos recebeu na área e foi derrubado por Lúcio. Schweinsteiger cobrou o pênalti e fez 1 a 0.
Kroos também foi decisivo no segundo gol alemão. O meia tabelou com Klose e passou para Götze fintar Julio César e tocar para o gol.
Aos 24min, Mano parou com o teste e colocou Ganso no lugar de Fernandinho. No lance seguinte, Daniel Alves invadiu a área e foi derrubado por Lahm. Pênalti convertido por Robinho.
O terceiro da Alemanha saiu após uma indecisão da defesa brasileira, aos 34min. André Santos tentou sair jogando e perdeu a bola para Schweinsteiger. O volante serviu Schurrle, que tocou na saída de Julio César.
No fim do jogo, Mano ainda colocou Renato Augusto, Fred e o estreante Luiz Gustavo em campo, mas só houve tempo para o Brasil descontar, com gol de Neymar.
FICHA TÉCNICA
ALEMANHA 3 x 2 BRASIL
Local: Mercedes-Benz Arena, em Stuttgart (Alemanha)
Data: 10 de agosto de 2011, quarta-feira
Horário: 15h45 (de Brasília)
Árbitro: Viktor Kassai (Hungria)
Cartões amarelos: Paulo Henrique Ganso (Brasil)
Gols:
ALEMANHA: Schweinsteiger, aos 16; Gotze, aos 21; Schurrle, aos 36 minutos do segundo tempo.
BRASIL: Robinho, aos 25; Neymar, aos 47 minutos do segundo tempo.
ALEMANHA: Neuer; Träsch, Hummels (Boateng), Badstuber e Lahm; Schweinsteiger (Rolfe), Kroos, Götze (Cacau) e Müller, Podolski (Schurrle) e Mario Gómez (Klose)
Técnico: Joachim Low
BRASIL: Júlio César; Daniel Alves, Lúcio, Thiago Silva e André Santos (Luiz Gustavo); Ralf, Ramires e Fernandinho (Paulo Henrique Ganso); Robinho (Renato Augusto), Pato (Fred) e Neymar.
Técnico: Mano Menezes.

fonte: R7