Ministério Público teme que custos da Copa 2014 disparem

O Ministério Público brasileiro teme que a organização da Copa 2014 de futebol no país sofra uma explosão de custos, devido às divergências nas previsões de gastos por parte do Governo Federal e da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base. O Portal da Transparência do governo federal estima despesas de R$ 23,4 bilhões …

12/09/2011 10:06



O Ministério Público brasileiro teme que a organização da Copa 2014 de futebol no país sofra uma explosão de custos, devido às divergências nas previsões de gastos por parte do Governo Federal e da Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base.

O Portal da Transparência do governo federal estima despesas de R$ 23,4 bilhões na preparação. Para a Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústrias de Base, que monitora os custos, só os investimentos em aeroportos, portos, segurança, arenas e mobilidade urbana devem chegar a R$ 84,9 bilhões, escreve hoje a “Folha de S. Paulo”.

O MPF (Ministério Público Federal) acha que essa situação conduz o país ao risco de uma explosão de custos. O alerta é do procurador-chefe do Ministério Público Federal do Amazonas, Athayde Ribeiro Costa, atual coordenador do Grupo de Trabalho Copa do Mundo 2014.

Já no Pan-Americano do Rio de Janeiro, em 2007, o valor final do evento superou em 10 vezes o orçamento original.

Fonte: Portugal Digital