Criação da Secopa provocará mudanças nas pastas de governo

Com o projeto de criação da Secretaria Extraordinária dos Assuntos da Copa (Secopa) haverá ‘enxugamento` em algumas pastas do governo como é o caso da Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Copa e PAC, que tem como gestor o ex-defensor público-geral, Djalma Sabo Mendes. A votação que cria a nova secretaria ficou para próxima terça-feira (27). …

23/09/2011 09:55



Com o projeto de criação da Secretaria Extraordinária dos Assuntos da Copa (Secopa) haverá ‘enxugamento` em algumas pastas do governo como é o caso da Secretaria Extraordinária de Acompanhamento da Copa e PAC, que tem como gestor o ex-defensor público-geral, Djalma Sabo Mendes. A votação que cria a nova secretaria ficou para próxima terça-feira (27). O projeto será votado pelo colégio de líderes da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (AL/MT).

O governador Silval Barbosa (PMDB) havia anunciado que a nova secretaria teria três adjuntos, mas, nesta quinta o Secretário Chefe da Casa-Civil, José Lacerda, assegurou que serão quatro, dentre eles, Djalma Sabo Mendes, atual titular da Secretaria de Acompanhamento da Copa.

A votação da Agecopa na AL tem caráter de urgência, porém, alguns deputados pediram mais informações ao governador Silval Barbosa (PMDB). Vale ressaltar que o governador não gostou muito dessa prorrogativa. Por ele [Silval] o projeto seria votado na sessão de hoje (22).

Depois da polêmica envolvendo o presidente da Agecopa Eder Moraes e o diretor de infraestrutura Carlos Brito, que “brigaram” em público, devido Carlos Brito ter declarado não estar por dentro dos projetos da Copa 2014, Eder Moraes em uma manobra recorreu ao chefe do Executivo e também aos deputados para pedir o fim da autarquia. Nos últimos dias, a crise dividiu opiniões, porém, no começo da semana, a ideia da extinção da Agência foi aprovada por unanimidade pelos 21 parlamentares que participaram da reunião com o governador na última terça-feira.

Fonte: Reporter MT