Justin Bieber leva as beliebers a loucura em SP

Milhares de mãozinhas balançavam seus bastões iluminados pra lá e pra cá, os olhos brilhavam e os sorrisos saíam por qualquer coisa, bobos, felizes. Elas eram muitas, iam e vinham com passinhos apressados entre um cochicho e outro, desfilando faixas, camisetas, capas, cartazes, gritos e lágrimas de amor pelo muso Justin Bieber. 58 mil pessoas …

09/10/2011 10:36



Milhares de mãozinhas balançavam seus bastões iluminados pra lá e pra cá, os olhos brilhavam e os sorrisos saíam por qualquer coisa, bobos, felizes. Elas eram muitas, iam e vinham com passinhos apressados entre um cochicho e outro, desfilando faixas, camisetas, capas, cartazes, gritos e lágrimas de amor pelo muso Justin Bieber.

58 mil pessoas lotaram o Estádio do Morumbi na noite deste sábado (8) para ver o seu show de estreia na capital paulista. E parece que foram anos, dias, meses e horas de espera por este momento. Algumas beliebers, de tão pequenas, deviam estar indo ao seu primeiro show da vida e mal conseguiam disfarçar todo o êxtase de estar ali. Enquanto outras muitas devem ter passado dias e noites na fila, ansiosas para vê-lo tão de pertinho.

A banda Cine, única brasileira a se apresentar no Festival Z, a inglesa The Wanted e a americana Cobra Starship já haviam se apresentado. Um cronômetro apareceu no telão e alguns minutos depois, sob os gritos incontroláveis e ensurdecedores da plateia eis que Justin surge da fumaça, de calça e camiseta vermelha, com um colete prateado e um óculos escuros para fazer charme.

Selena Gomez não apareceu, nem a música inédita do disco de Natal, ‘Under The Mistleote’, que ele tocou em sua apresentação no Rio de Janeiro. Mas mesmo assim, sem grandes surpresas, com o show ensaiado de sua turnê ‘My World’, Justin conseguiu fazer seu público muito mais do que feliz nesta noite de primavera.

Nem a chuva que veio forte no meio da tarde e acabou com a luz do Morumbi por algumas horas, atrasando um pouquinhos os shows e dando um bom susto em todo mundo, fez alguém ir embora arrependido.  “Quero agradecer muito a todos vocês que ficaram me esperando na chuva. Acho que a mãe natureza também é uma fã de Bieber”, disse logo no início do show.

E ninguém parecia interessado em saber se ele estava ou não fazendo playback naquela hora porque aquele passo, aquela dança e aquele remelexo tinham sido incríveis. Mas não demorou muito para Justin querer mostrar que é mais do que só um rotinho bonito, cheio de estilo.

Depois de fazer todo mundo pular ao som de hits como ‘Bigger’ e ‘You Smile’, Justin pegou o seu banquinho, o seu violão e cantou ‘Never Let You Go’ e ‘Favorite Girl’ a capela. Ao piano tocou ‘Down To Earth’ e também fez o medley de “Wanna Be Startin’ Somethin'”, de Michael Jackson, com “Walk This Way”, do Aerosmith.

E a cada nova música era mais uma que começava a chorar. Karine estava quietinha, no canto, e não sabia se cantava, sorria ou enxugava o rosto. “Faz três anos que estou esperando esse show. Eu amo tudo dele. Cheguei aqui ontem às cinco e meia da manhã e amanhã eu venho de novo”, contou entre uma lágrima e outra.

Enquanto isso uma sortuda acabava de subir ao palco. Depois de dizer que gostaria de fazer uma menina da plateia menos solitária nesta noite, Justin recebeu uma belieber, que ganhou beijo, abraço e flores ao som de ‘One Less Lonely Girl’, feito serenata.

Nos pequenos intervalos, equanto Justin mudava uma ou outra peça de roupa, vídeos do cantor pequenininho ensaiando os primeiro acordes no violão, dando as primeiras batidas na bateria, cantando e fazendo graça começavam a aparecer no telão, entretendo a platéia enlouquecida, que parecia ficar mais apaixonada a cada minuto. Outra surpresa foi o solo que Justin fez na bateria, e levou a plateia a loucura. Para mais uma vez mostrar que não estava ali à toa.

No bis o hit ‘Baby’ invadiu os corações em êxtase que lotavam o Morumbi, e na saída ainda dava para ouvir o coro “Baby, baby, baby oooh”.

Fonte:MTV