Governo pressiona empreiteira por projeto do aeroporto de VG

22/05/2012 09:08



O governo do Estado e a bancada federal de Mato Grosso tentarão obter uma posição concreta da empreiteira Global Engenharia, da Bahia, na próxima terça-feira (29) a respeito do andamento das obras de ampliação do Aeroporto Marechal Rondon, em Várzea Grande. Parlamentares e governo estadual estão preocupados com a possibilidade de atraso na entrega das obras, marcada para dezembro de 2013 (com vistas ao pleno funcionamento durante a Copa de 2014).

Segundo informou na última sexta-feira (18) o secretário de Acompanhamento da Logística Intermodal de Transportes, Francisco Vuolo (PR), a empresa já falhou duas vezes com prazos marcados para entrega do projeto das obras no aeroporto – procedimento para o qual ficou responsável.

Procurada regularmente pelo governo estadual, segundo Vuolo a Infraero tem alegado que não recebeu o projeto da empresa.

Caso o projeto não seja apresentado até junho, segundo Vuolo, o andamento das obras pode comprometer o cumprimento do cronograma até dezembro do ano que vem. “O governo licitou as obras e fez sua parte. Agora é a vez da empresa fazer a dela”, resumiu o secretário.

Como não adianta apenas cobrar da Infraero um posicionamento, a tentativa de desatravancar o processo será durante a reunião em Brasília para a qual a empresa baiana comprometida com o projeto foi convocada. Estarão presentes os deputados federais e os senadores mato-grossenses, além de representantes dos governos estadual e federal.

A mesma empresa ficou responsável pela elaboração de projetos de outros aeroportos, mas apenas o de Cuiabá/Várzea Grande estaria sofrendo atraso. A obra consistirá na terceira etapa de adequações do terminal e deverá dotá-lo de estruturas que o coloquem no padrão internacional aeroportuário, como o sistema de fingers para locomoção de passageiros entre o terminal e as aeronaves.

Fonte: Olhar Direto





Tags: