Em solenidade, Riva destaca importância do Hospital de Câncer

31/05/2012 09:59



ruto de uma ação parlamentar coletiva, o presidente da Assembleia Legislativa deputado José Riva (PSD) e o governador Silval Barbosa assinaram na tarde desta quarta-feira (30.05), o convênio que destina emenda no valor de R$ 1,28 milhão ao Hospital de Câncer. A solenidade aconteceu no Palácio Paiaguás e contou com a presença de representantes da Casa Cor e da unidade hospitalar, que é referência no tratamento Oncológico de Mato Grosso e de estados como Pará e Mato Grosso do Sul, além de atender pacientes também da Bolívia.

“Essa iniciativa é fruto de emendas de todos os deputados. Realmente as demandas são grandes, mas não há nenhum investimento mais importante do que os da saúde. Especialmente, para o Hospital de Câncer que realiza um trabalho muito importante. E os deputados foram unânimes, ao destinar parte de suas emendas. Queremos cada vez mais desenvolver ações como essa, de forma colegiada”, declarou Riva.

O parlamentar ainda pediu ao governador que fizesse um expediente aos sindicatos, associações rurais e prefeituras, solicitando que destinem ao Hospital de Câncer de Mato Grosso a verba arrecadada de leilões. Hoje, são feitos leilões pelo interior do estado que arrecadam recursos, por exemplo, para o Hospital de Câncer de Barreto. “Pelo menos 50% do que for arrecadado seja destinado para o Hospital de Câncer de Mato Grosso”.

Na oportunidade, o governador Silval Barbosa disse que o recurso deverá ser liberado ainda esta semana. “É fundamental termos uma unidade hospitalar dessa importância, que desenvolve ações sociais e humanitárias. A Casa Cor e a Assembleia Legislativa estão sendo parceiras para que essa reforma e ampliação seja uma realidade. Vamos buscar mais recursos junto ao setor privado e a força de articulação dos deputados também tem ajudado muito”, destacou Silval.

O presidente do Hospital de Câncer, João Castilho Moreno, disse que é a primeira vez que o hospital recebe emenda parlamentar. Lembrou que as ações da unidade iniciaram em 2000 com apenas 10 leitos. Hoje, aumentou para 120. “Desde então, vivemos no improviso. Mas, a partir de agora vamos alavancar o processo contínuo do tratamento oncológico, que será oferecido dentro de apenas uma unidade e o paciente não precisará se deslocar para outros locais”.

Um dos representantes da Casa Cor, Wagner Giglio, destacou a ação do Governo do Estado e da Assembleia Legislativa. “Por tudo que esse Governo já fez, entrará para a história do Hospital de Câncer. Quero agradecer também ao deputado José Riva por tudo que tem feito e pelo seu desprendimento para efetivar essa ação”, concluiu.

EMENDA- Com o montante será possível concluir as obras da ala paralisada há 17 anos. Atualmente, o acesso ao hospital é feita pelos fundos. Com o empreendimento, será possível concluir a fachada do prédio e triplicar o número de atendimento com a construção de consultórios, ambulatórios, setores de urgência e emergência e sala de biópsia.

O hospital é mantido com recursos do Sistema Único de Saúde – SUS e por doações. Em 2011, aproximadamente 47 mil pacientes foram atendidos. Desses, 40.250 fizeram procedimentos no hospital. Além disso, numa iniciativa do Governo do Estado, foi possível implantar o Centro de Prevenção à Mulher, com tratamento específico ao câncer de mama, orçado em R$ 1.620 milhão.

Fonte:Al/MT





Tags: